sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Namoro de Facebook - Perfil Fake

- Oi.
- Olá, tudo bom com você?
- Sim. Eu sou o Lucio. Você é a Sofia?
- Sim. Eu sou a Sofia, mas você não é Lucio.
O moço sorriu sem jeito.
- Você não esta certa. Eu não sou o rapaz da foto, mas sou o Lucio sim.
- E cadê o Lucio? – Perguntou a moça ligeiramente irritada.
- Eu sou o Lucio meu doce. – O rapaz segurou em sua cintura.
- Não. Eu não te conheço.  – Ela disse ao tirar sua mão.
O homem suspirou.
- Sente-se que eu vou explicar tudo, você irá entender.
- Eu duvido muito que irei entender.  – Ela resmungou entre os dentes.
- Eu realmente te mandei algumas fotos de outra pessoa.
- Não, você mandou muitas. – Respondeu a moça com as mãos inquietas.  
- Sim, é verdade. Mas foi por uma boa causa.
- Eu não acredito que mentir possa ter alguma boa causa.
- Mas tem. – Ele sorriu. - Eu sou um homem muito assediado, frequento academia, sou advogado formado, tenho patrimônios de uma herança deixada por meus pais, e sou solteiro por convicção, ou por que não havia encontrado a mulher certa. As mulheres vivem querendo estabelecer compromisso comigo, mas eu percebo que fazem isso por que me acham bonito, e querem  se aproveitar da minha estabilidade financeira.
Ele pigarreou, se olhou no espelho que ficava a sua direita e ajeitou o cabelo com delicadeza.
 – Mas você é diferente Sofia. Você é um sonho.
A moça franziu a testa, e o encarou.
- Você quer dizer que fingiu ser aquele homem interessante pra me testar?
- Homem interessante? Ele riu. – Quem muitas vezes falou com você foi um brucutu que trabalha comigo, um advogado surrado que até hoje não sabe como conseguiu dinheiro pra se formar.  
- Eu não acredito! – Eu pensei que você fosse um homem especial.
- Mas eu sou especial.  Você é linda, inteligente, descolada e não se importa com dinheiro e status. Eu me apaixonei por você! Somos um par perfeito.  
- Como assim se apaixonou? Nos conhecemos há algumas semanas via facebook, num perfil FAKE!
- Não é fake, eu existo!  Vamos namorar? Eu quero construir uma família com você! – Insistiu o homem.  – Vai me dizer que me achou feio? – Ele perguntou preocupado.
- Feio? – Ela disse admirada. – Claro que você não é feio! Você é musculoso, se veste bem, tem pele cuidada, seus óculos são de grife e seus dentes bonitos.  Mas eu estava gostando daquele homem que conheci pelo perfil do facebook.  Ele é careca, não é musculoso e pode ser que perto de você esteja fora de “forma”. Mas eu gostava do tipo dele.
- O que?  Como assim? – Irritou-se o homem.
- Imagine viver com alguém como você, o assédio das mulheres, a preocupação com o corpo e com dinheiro, deve ser muito chato ser sua namorada.  
- Mas eu quero você Sofia!
- Não! Imagine ter que parar em todos os espelhos pra você olhar como esta o seu cabelo, isso é brochante!
- Você não quer ficar comigo porque eu sou bonito? É a primeira vez que isso acontece na minha vida!
- É assim mesmo, para tudo existe uma primeira vez.
- Não faz isso Sofia, me dá uma chance. Por favor! – Disse ele me tom de súplica.
- Você mentiu. Eu estou aqui, sou a mesma Sofia, nem mais gorda ou magra, o máximo que tenho de diferente das fotos são minhas roupas. Você mentiu e desconfiou de mim antes de me conhecer.  Eu não devia nem conversar com você.  Você devia me agradecer por não te odiar, denunciar o seu perfil no facebook e fazer um Boletim de Ocorrência contra falsidade ideológica.
- Calma! – Ele disse preocupado.
- Então não insista. Eu não quero nada com alguém como você, que além de não ser o Lucio, é o maior mentiroso que já conheci.
- Desculpe. Você está certa. O que eu posso fazer para compensar isso, qualquer coisa que você pedir para diminuir esta decepção.
- Qualquer coisa? - Disse Sofia.
- Claro! Você manda.
- Me apresenta o cara da foto.



Texto por: Grazy Nazario. 

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário