domingo, 27 de fevereiro de 2011

Margaret Sanger


Nascida em 14 de Setembro de 1883, Margaret Sanger merece grande notoriedade entre as mulheres que se diferenciaram. Ainda jovem esta americana nascida em Nova York tornou-se enfermeira, casou-se com um arquiteto e teve três filhos. Após alguns anos Sanger passou a dedicar-se com cuidados à saúde publica, e diante de quadros lastimáveis de miséria e pobreza passou a dedicar-se à informar mulheres sobre métodos contraceptivos, afinal pensou não ser justo nem com as mães ou seus filhos tal realidade.

Margaret passou a escrever artigos para o jornal na coluna "O que toda garota deve saber", Sanger ilustrava situações e possibilidades de prevenção feminina, tendo como seu principal tema: " Nenhuma mulher pode chamar-se livre, se não possuem ou controlam o próprio corpo". Após a publicações de seus "conselhos" Sanger foi acusada de publicar artigos obscenos.

Neste contexto decidiu fugir para a Inglaterra, mas continuou com seus artigos, e tempos depois voltou para a sua terra natal e abriu no Brooklyn a primeira clínica de controle de natalidade dos EUA, mas após poucos dias de insistir em suas ideias foi presa por trinta dias.

Maragareth jamais desistiu, pensava que a maternidade deveria ser algo prazeroso para todos e não penoso para a maioria, com suas ideias desafiadoras e contra a hipocrisia social, Sanger é mais uma personalidade que se destaca entre grandes mulheres e suas batalhas.

Para saber mais sobre esta insistente batalhadora acesse o link:

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.cdc.gov/mmwr/preview/mmwrhtml/mm4847bx.htm&ei=hJRqTd2SGcT38AbYuOirCw&sa=X&oi=translate&ct=result&resnum=15&ved=0CIEB

Um comentário:

  1. É bom saber sobre as historias interessantes dessas mulheres, até agora estou adorando conhecer tantas historias.Parabens!

    ResponderExcluir