domingo, 13 de março de 2011

Benazir Bhutto



Olá pessoal, mais uma vez falaremos de alguém especial, de uma mulher batalhadora e vencedora por excelência, Benazir Bhutto, a primeira mulher a tornar-se ministra em um país Islâmico.

Benazir pode ilustrar de varias formas as dificuldades femininas, uma vez que, nos países do Oriente todas estas dificuldades devem ser multiplicadas e as conquistas seguem a passos lentos e muitas vezes sem o reconhecimento merecido. Devemos isto principalmente a fatores culturais, que insistem em criar e manter as mulheres apenas como serviçais, tendo como o único objetivo "cuidar" dos homens que deveriam "cuidar" delas.

Esta mulher mesmo diante de todos os fatores possíveis e imagináveis ousou ser "mais". Formada em Harvard em ciências politicas voltou ao Paquistão para fazer estremecer seu país, herdeira politica do pai conviveu com o assassinato do mesmo e ingressou seriamente na política. Tornou-se primeira ministra em 1988, seus discursos encheram muitas mulheres de esperanças, e a sua disposição para a boa convivência com o Ocidente lhe rendeu bons elogios, porém algumas promessas continuaram a ser apenas promessas... Mas o que dizemos dos comandantes desde sempre no comando? Ah! claro, são homens, eles podem prometer e não cumprir, por que por algum motivo não foi possível, mas uma mulher não cumpre por incompetência... Jeito bom de justificar as próprias falhas, não !!!

Mas o nosso assunto é Benazir e suas vitórias, suas conquistas e as suas possíveis promessas cumpridas, e o nosso destaque é a promessa cumprida de levar uma mulher ao poder, mesmo diante de tantos obstáculos, mesmo em um país que em que isto seria absolutamente impossível, Benazir tornou isto real. Em Dezembro de 2007 foi assassinada duas semanas antes de disputar as eleições com o líder da oposição.

Um comentário:

  1. Manuela Castro Ferreira15 de março de 2011 21:24

    Muito legal os textos que você fez para as postagens, é interessante conhecer um pouco mais sobre algumas mulheres e como elas foram importantes em seus convívios e para o mundo! Parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir