quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Noite Feliz

A cada ano novas descobertas acontecem, algumas tradições são quebradas enquanto outras iniciadas, e mesmo na era assumida como tecnológica ainda existem coisas que permanecem inalteradas ou com apenas algumas adaptações. Pode-se dizer que o Natal, a família, a esperança, entre outros são desejos da vida que mudados ou não continuam, e não apenas por tradição ou convenção social, existem para manter a essência das pessoas, a chama do que significa viver.

A capacidade de adaptação e raciocínio do se humano esta entre as habilidades que o torna diferente dos animais, o modo como aprendemos a lidar com situações e a desenvolver soluções nos tornam especiais quando assim o somos, estamos além dos instintos e é assim que deve ser.

A família é e sempre será a base da nossa existência, é ela que nos aponta os caminhos, mesmo que “tortos”, ainda que não concorde com as condutas ou preferencias, ela é essencial para a formação do nosso caráter. Até mesmo ao se tornar um adulto do tipo “ovelha negra” dotado de opiniões diferentes, o que se aprendeu com os ensinamentos familiares é o que causa as reflexões necessárias para guiar no caminho inverso.

Em toda família de amigos, trabalho, ou a tradicional sempre existem as figurinhas carimbadas, a mãezona que cuida todos, um que é responsável pelos puxões de orelha, o que tem o único objetivo de divertir sempre, tem também os encrenqueiros, idealistas, amigos, chatos, namorador e por ai segue, as características são inúmeras e as intenções também, na verdade são as diferenças que torna tudo mais divertido e interessante, são os desafios que movem a humanidade.

 Em toda família também tem alguém que faz muita falta e nos intriga por desconhecer seus caminhos, assim nos apegamos na fé para aceitar de alguma forma os mistérios da vida, e a morte, a única certeza que temos deve ensinar a conviver com o que não se entende, e nos apresentar forças ocultas e inexploradas até então para que não enterre os nossos sonhos e esperanças. A vilã cruel saudade, é também a maior prova de amor existente, faz sentir falta do que se ama, e amplia a capacidade de amar mesmo a distancia.

Diante de tantas transformações muitas características foram mudadas na formação das famílias contemporâneas, e a cada dia novos padrões são acrescentados ao quadro familiar, as preferencias sexuais, as mulheres no trabalho, os homens mais presentes, entre outros. A minha avó diria que “está tudo virado”, e é assim que é roda gigante chamada Mundo.

Assim a família esta além do sangue, esta ligada ao amor de qualquer forma, não se ama por obrigação, mas por vontade de querer o bem, este é o bem mais valioso da humanidade, a pureza das ações em relação ao próximo. Nesta noite de tréguas, que o natal seja iluminado, e a todos uma Noite Feliz.


Grazy Nazario. MTB. 74588/SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário