segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Será que agora vai? - Politica Brasileira

Qualquer um que tenha o mínimo de conhecimento quanto ao que é Politica e como ela deveria ser aplicada, se percebe desesperado ao presenciar a sujeira existente no sistema de organização social do Estado, e para piorar, este fato não é visto apenas em cenário brasileiro, mas mundial, a cada dia surgem novas artimanhas, e formas de tentar escapar de uma possível punição, já que isso é raridade quando se trata dos “poderosos”. Diante de certo rigor atual da justiça brasileira, a grande novidade é burlar as punições e de algum modo não cumprir a justiça do modo como deveria. 

Claro que a corrupção não é novidade, desde os tempos remotos em que a humanidade passou a se interessar pelo exercício de dominação e poder isto é um fato comum, e o capitalismo é um fator que deixou isto ainda mais claro. Mas ainda assim é revoltante, e demagogias a parte, ainda existem sonhos ideológicos que nos fazem acreditar em uma sociedade mais humana e igualitária.

Na politica atual não falamos de pessoas, mas de uma rede formada por partidos políticos, de verdadeiras comunidades, como as abelhas, que seguem um determinado “líder”, no caso o Partido. É como se as pessoas não exercessem a sua individualidade, na verdade como se não a tivessem, os eleitos para representar as necessidades do povo muitas vezes são comprados, coagidos, e preferem ceder a vontade de seu superior à assumir o compromisso que firmou com o seu eleitor.

É fato que todos nós temos um passado, e ele sendo bom ou ruim não nos isenta dos erros que cometemos no presente ou das boas ações que fazemos. Claro que não podemos generalizar nenhuma situação, mas quando se trata de justiça não devem existir dois pesos e duas medidas, se existe condenação a partir de provas, as leis devem ser cumpridas, é assim que acontece com os filhos do “sistema”, tantos que roubam, traficam, ou comentem algum crime, são as leis que devem definir a pena direcionada ao tipo de crime praticado, e não a sua posição social ou condição financeira. Em meus sonhos utópicos é assim que deveria ser.

As novas decisões no cenário da justiça federal em relação aos criminosos políticos é uma luz no fim do túnel que se ascende, uma esperança como de que a justiça pode ser realmente para todos os tipos de criminosos.  Claro que isto precisa progredir, a justiça precisa estar além de brigas de poder e denuncias por puro brio e espaço politico, a ética deve prevalecer e os culpados pelas não-melhorias do Brasil punidos.

Os ladroes de gravatas que tanto prevaricam com o dinheiro publico devem servir como exemplos para que os novos representantes do povo saibam que existem punições e que elas acontecem na pratica, a cadeia não é em casa, e o castigo do mundo não será uma doença. Se adoecer que sejam internados e tratado pelo SUS, ou cumpram  o que devem aos cofres públicos no sistema carcerário direcionado aos crimes que cometeram.

Doente esta a sociedade por assistir frentes politicas recheadas de corrupção formando uma rede de intrigas de quem entrega quem, quem tem o “rabo preso” e quem irá se safar. Em pouco tempo as ideologias das diretas já tonaram-se pó, ou melhor moedas, o importante é que tenha valor e que faça o seu trabalho de garantir o poder.


Por: Grazy Nazario. MTB. 74588/SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário