terça-feira, 24 de julho de 2012

Sintetizando a Paz


Presenciamos cenas diversas ao longo de nossa vida, e algumas realmente nos chamam a atenção, nos provoca, posso citar a recente morte de Sage, filho do então astro de Hollywood Stallone, uma morte de um jovem adulto aparentemente sem informações claras quantos as causas, mas que de acordo com as suspeitas, o mesmo fazia uso de diversos medicamentos controlados por receita medica, alias caso que muito se assemelha a outros entre as celebridades e espalhados pelo mundo.

No entanto mesmo sem ter o laudo dessa morte, posso mencionar outros que já foram comprovados, e me arrisco a dizer a causa. Na minha humilde opinião tais fatalidades estão ligadas a “PAZ SINTETICA”! E o que seria isto¿ Podemos encontrar nas melhores farmácias e drogarias¿ Podemos receber receitas dos médicos mais conceituados e pagar preços altíssimos para termos a tão sonhada e almejada PAZ¿

Sage, como Michael Jackson, Whitney Huston, como tantos outros cantores e artistas, além de pessoas comuns como cada um de nós conhecemos, além de nós mesmos! Afinal quem nunca tomou algum medicamento para se acalmar em alguma situação. Pessoas que não vivem suas vidas a partir de maratonas de shows, gravações entre outros, mas que também vive de forma estressante, e conduz as suas vidas dividindo o longo tempo de trabalho, o trajeto em trânsitos catastróficos nas grandes cidades, e todas as suas variadas funções. E não se esqueça de que temos que ter tempo para nós mesmos, para consumir e manter a economia em crescimento, e é claro tempo de ser felizes.

A cada dia que se passa é um dia a menos de vida, e sentimos como o tempo controla e descontrola a vida, e como a Paz Sintética se faz presente e necessária na vida das pessoas. Cada vez mais médicos receitam tranquilizantes e outros medicamentos afins, partindo do objetivo de tranquilizar seus pacientes, que afinal deseja seus trabalhos sentindo-se mais calmo, mesmo diante do ritmo frenético a que somos submetidos. Mas com o passar do tempo tal medicamento já não é o suficiente, e continuamos a precisar da sensação que ele nos proporciona, então dobramos a dose de “Paz”, e esta nos abandona e nos perturba cada vez mais.

A mesma droga que anestesia e conforta corpo e mente por instantes, em seguida lhe rouba a paz, o deixa incapaz de viver por si só e encontrar a verdadeira Paz, aquela que esta dentro de nós quando nos desligamos das buzinas dos carros, e das vozes que nos cobram. Esta é a que a humanidade procura, e necessita.

 A droga que é capaz de te transportar de dimensão, te devolve incapaz de sobreviver ao que é real, mesmo que a realidade, amenos para a Platão seja apenas uma ideia. É neste pedaço de chão que conhecemos que a vida se faz presente, e que nem sempre podemos estar ausentes da nossa própria realidade. Sem mencionar a abstinência, esta a pior droga, capaz de nos levar as piores condutas, com consequências desmedidas para toda a sociedade e principalmente para si mesmo.

Vale mencionar que segundo especialistas tais medicamentos podem sim contribuir com algo, mas jamais será a poção magica capaz de lhe conceder a serenidade necessária para prosseguir. Portanto desejo que a humanidade encontre a verdadeira PAZ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário