domingo, 25 de novembro de 2012

Na era da Globalização, Regredimos!


Quando pensamos que o Brasil esta capacitado para grandes decisões e feitos importantes à nível nacional, recebemos a noticia de que a impunidade ainda é mais difícil de combater do que qualquer outra coisa. Os maiores ladrões da nação ficam livres, isto é um absurdo! Como e com quem lutar para vencer as atrocidades contra todo um país, é o que todos gostaríamos de saber.

O que esperar de uma justiça falha, sem credibilidade e cheia de brechas¿ Nada! É a resposta que nos cabe. Estamos cansados de presenciar o famoso “ladrão de galinha” mofar na cadeia, outros que cumprem a pena antes de serem julgados, sem contar o valor absurdo pago pelo Estado por cada detento, e faz isto sem cogitar algum tipo de atividade ou algo relacionado a recuperação do tal infrator, ou seja, vamos continuar fabricando mais marginais, bandidos contra o sistema para treinar nossos policiais a igualmente banalizar a vida, além de colocar a prêmio a própria existência.

A sociedade que se divide em opiniões, pois não consegue se definir em uma decisão que não cometa injustiças seríssimas. Dê um lado temos julgamentos a revelia de bandidos e policiais,  execuções decididas e praticadas no tribunal da rua. E do outro temos o tal infrator da lei, que rouba, mata, e se faz também o dono da vida! Sem mencionar as verdadeiras quadrilhas espalhadas pelo país, os engravatados que tomam conta do dinheiro púbico, e não querem mais largar, assim pouco ou nada chega para a população que mais precisa. O crime organizado não é formado somente por quem esta contra o sistema, o maior crime organizado está no sistema!

E para dizer que é feito justiça e que a lei é cumprida nos “agradam” prendem o corrupto, ladrão e usurpador da sociedade, e meses depois o soltam como se ele estivesse passando uma temporada no SPA! Estão brincando com os brasileiros, com a população, nos condenando a mediocridade de acreditar que alguém que tem dinheiro neste país cumprirá pena por algum crime.

Estamos entrelaçados em uma rede de intrigas assistindo de camarote apenas o que julgam que devemos saber, verdades e mentiras contadas conforme a conveniência de cada situação, e neste meio, os inocentes (a população) é a maior, e única condenada sem julgamentos, sem mesmo estar no banco dos réus.
Os advogados, muitas vezes se comportam como atores em um palco, ou mesmo palhaços em seus picadeiros, produzindo um verdadeiro show para a sociedade, muitas vezes sedenta por um espetáculo bem produzido e de preferencia sangrento, não deixam a desejar, se aproveitam das “falhas” das leis e viram o jogo a seu favor, ou melhor, a favor de quem lhes interessa.

Logo, se iniciarmos uma analise veremos com facilidade que cada corrupto que rouba descaradamente o Brasil também nos afeta diretamente, nos privando de ter uma saúde digna, segurança, moradia, sem mencionar a educação que já há algum tempo não sabe o que é cuidado de verdade, entre outros campos de necessidade vital para a humanidade.

É no mínimo indigno ver alguém conseguir roubar tantos brasileiros de uma vez só, sem usar nenhum tipo de arma, ou mesmo violência e se safar na maior cara de pau. São os bandidos de ternos que vivem vida de rei e prevaricam à custas do trabalho do cidadão, e ainda assim conquistam o direito a liberdade, enquanto nos privam de nossos direitos. Na era da Globalização, regredimos, e o mundo pode compartilhar conosco os absurdos da “Ordem e Progresso”. Abre o olho povo!  

Um comentário:

  1. Texto bem interessante!!!
    Parabéns pela reflexão!!!

    Sandro
    Apeoesp Itaquera

    ResponderExcluir